Site da Prelazia do Xingu Quer dar um basta à pirataria sem pagar nada? Dados estatísticos Altamira...
ARTIGOS DOM ERWIN: em Português ; em Alemão







BLOG ESTÁ INATIVO, SERÁ MANTIDO PARA FINS DE CONSULTAS - PARA NOTÍCIAS ATUAIS VÁ AO SITE DA PRELAZIA (LINK NO TOPO) .

sexta-feira, 4 de julho de 2008

NOTA

A Prelazia do Xingu, mediante ataques feitos, no sentido de figurar o bispo Dom Erwin Krautler, como participante de esquema criminoso de venda ilegal de madeira, vem a púbico dizer que:

Dom Erwin, bispo da Prelazia do Xingu, NÃO é suspeito e nem foi denunciado pelo Ministério Público Federal sobre desvio de madeira no Estado. A Justiça federal, Subseção Judiciária de Santarém, nos autos do processo: 2005.39.02.01724-1, doou à Prelazia do Xingu – Casa Divina Providência, madeira apreendida na empresa HP Agro industrial LTDA em Anapu e autorizou expressamente que a doação fosse vendida e o recurso aplicado na entidade. Tudo foi feito em conformidade com a decisão do Juiz Federal de Santarém e Termo de Doação assinado no Ibama em Altamira.

O recurso obtido com a venda foi aplicado na Casa Divina Providência, uma casa de apoio que abriga mulheres gestantes enquanto aguardam o nascimento de seus filhos, e pessoas doentes, que não têm onde ficar enquanto estão sob tratamento médico. São mais de duas mil pessoas por ano, vindas da zona rural da Transamazônica e do Xingu, que encontram na casa o amparo social, religioso e sanitário. Dom Erwin nunca precisou criar esquema ilegal para mantê-la. A ajuda sempre veio de pessoas de boa vontade de Altamira e do exterior, que inspiradas pela Providência Divina, fazem suas doações.

As acusações contra Dom Erwin são tentativas orquestradas de criminalizar um defensor de direitos humanos que é perseguido e ameaçado de morte por sua luta em defesa do povo pobre da região da Transamazônica e do Xingu e em defesa do meio ambiente. Nota-se a presença, nessas acusações, a mesma origem das acusações que eram feitas contra irmã Dóroty. Tudo indica que a mesma orquestração está em curso contra Dom Erwin: denúncias na imprensa e tentativas evidentes de manchar sua honra.

Cabe perguntar: Quem são essas pessoas que levantam suspeições contra a pessoa do Bispo? O que fazem por Altamira e região? O que ganham com essas ações? A quem estão ligadas e a quem pertencem os meios de comunicação que ecoam tais iniciativas deploráveis com informações distorcidas de terceiros? Que interesses têm essas pessoas em tentar desmoralizar Dom Erwin com difamações infundadas?

A Prelazia do Xingu repudia veementemente todos os ataques à imagem de Dom Erwin, e afirma: quem conhece bem esta terra, sabe quem é Dom Erwin, sabe de seu empenho e da Prelazia no desenvolvimento desta região.

Prelazia do Xingu – Altamira – Pará , julho de 2008.

Contador de visitas Acessos